Screen-Shot-2015-02-06-at-14.44.26

 

 

 

Tal como em tantas outras Associações, também a Associação dos Bombeiros Voluntários da Batalha possui um símbolo que a caracteriza perante os Bombeiros de Portugal e não só.

A seguir se descreve o significado de toda a sua constituição:

 

- No fundo surge uma Fénix sobre um fogo. A Fénix, ave mitológica que, segundo a lenda tinha uma vida de séculos e que, depois de queimada, renascia das suas próprias cinzas.

 

- Ao centro aparece o brasão da Vila acompanhado pela coroa mural indicativo da mesma.

 

- No brasão encontra-se uma Cruz de S. Jorge, invocada na Batalha de Aljubarrota pelas gentes portuguesas, sobre o qual se encontra a imagem de Na. Sra. da Vitória com o menino ao colo, vestidos de azul com mantos de prata e resplendores de ouro; em cuja honra foi erguido o Mosteiro da Batalha, Padroeira da Povoação (não confundir Padroeira com Orago, pois o orago é Santa Cruz).Também figuram as Cruzes de Avis (de verde), evocação da Ordem de que o fundador da Batalha, D. João I era Mestre e as Cruzes do Timbre de D. Nuno Álvares Pereira (de vermelho), evocação da figura do Condestável, principal responsável pela vitória de Aljubarrota.

 

- De ambos os lados cruzam-se dois machados que simbolizam os Bombeiros, soldados da paz.

 

– Na parte inferior do emblema, contendo a inscrição “SEM OLHAR A QUEM”, lema da Associação.